segunda-feira, 24 de abril de 2017

Trabalhadores das sistemistas dizem NÃO para proposta da direção do sindicato e das empresas

Na última 5ª feira, 20 de abril, a direção do sindicato fez assembleia no CIAG para fazer os trabalhadores aceitarem uma proposta absurda de diminuir os salários.
A primeira manobra da direção do sindicato foi dividir os trabalhadores da GM dos trabalhadores das sistemistas em assembleias separadas pra ficar mais fácil aprovar o acordo que em 3 anos vai acabar com o abono e não vai repor nem a inflação.
Mas como disse um colega nosso de uma sistemista: “A gente vive é com o salário não com o PPR! Vamos perder muito dinheiro se não tiver nem o reajuste da inflação!”
Essa manobra e as mentiras da direção do sindicato de que o setor automotivo está em crise, e que essa proposta das empresas era “razoável” não colou para os trabalhadores, que ficaram indignados e não se deixaram enganar por esse blá, blá, blá.
Na votação os trabalhadores foram firmes e disseram NÃO pra esse roubo. Os pelegos da direção do sindicato, tentaram intimidar pra enfiar goela abaixo a proposta, dividindo de um lado os que aceitavam a proposta e do outro os que não aceitavam. Isso é um absurdo, pois é uma forma de entregar pra chefia quem não aceita a proposta.
Também não adiantou! Do lado dos que aceitaram ficaram apenas alguns colegas da Continental porque estavam na frente da empresa, na vista da chefia. E do outro lado a grande maioria dos trabalhadores que começaram a vaiar e xingar a direção do sindicato.
Mesmo assim, a pelegada tentou nos intimidar mais uma vez, falando que não iam mais tentar negociar e que ou a gente aceitava a proposta ou teríamos que fazer greve, e que isso não seria bom, pois teria demissões.
Ficou na cara de novo que a direção do sindicato está do lado das empresas e não do nosso lado.



Por isso, nós metalúrgicos da Oposição estamos junto com os colegas que rejeitaram essa proposta. Entendemos que o papel do sindicato é lutar com os trabalhadores para aumentar os salários e melhorar as condições de trabalho, e não ameaçar com demissão os que querem lutar.
A situação dos trabalhadores só vai mudar quando tirarmos esses pelegos da direção do sindicato e colocar o sindicato nas mãos dos trabalhadores.
Pra isso precisamos nos organizar. Entre em contato com a Oposição!



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por contribuir com a sua denúncia.