quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Enquanto os lucros da GM cresceram 302% nos últimos meses, os trabalhadores são demitidos para “reduzir custos”


A GM anunciou que nos últimos 3 meses os lucros cresceram 302% mais que no mesmo período de 2014. Mesmo assim a empresa usa a diminuição das vendas para aumentar esses lucros pagando salários menores, pois estão demitindo nossos colegas para pagar 1 trabalhador para fazer o serviço de 2.

Esse é o “reconhecimento” da GM pelo “excelência individual” e “competência” dos funcionários que em todos estes anos produziram os lucros de bilhões de dólares.

Vocês lembram o que os líderes e SA's sempre diziam? Que o empenho dos funcionários para chegar no BIQ III traria prosperidade e grandes resultados. Pois aí estão os “grandes resultados”: lucros altíssimos para a empresa e demissões para os trabalhadores.

Blá-blá-blá da direção pelega do Sindicato

Todos sabem que quando o sindicato começa com a choradeira de que estamos em crise é porque em seguida o patrão vai fazer este discurso e começar a “reduzir custos”, como neste ano que diminuíram nosso PPR, o que nunca tinha acontecido antes.

O mais engraçado é que a culpa das demissões é sempre do governo e nunca é da GM. Mas o Quebra-Peão esquece de dizer que quem ajudou o governo a aprovar as MPs da Terceirização e o Programa de “Proteção” do Emprego para tirar direitos dos trabalhadores foi a CUT e a Força Sindical (eles mesmos).

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por contribuir com a sua denúncia.