quinta-feira, 9 de abril de 2015

PPR e Salários no Complexo da GM: Choradeira das empresas

09/04/2015

É colegas, na campanha salarial do ano passado denunciamos o acordo salarial absurdo que o sindicato fez com a GM e sistemistas contra os trabalhadores para diminuir nosso salário por 3 anos seguidos (http://intersindicalgravatai.blogspot.com.br/2014/07/salarios-no-ciag-sem-aumentar-e.html) . E sobre o PPR dissemos há 1 ano atrás:
“E se a GM não fechou os valores de PPR não é por qualquer pressão do sindicato, mas sim porque as empresas estão de olho que pode ocorrer uma crise até 2016 e não querem se comprometer com nenhum valor, pois se vier uma crise vão diminuir a produção e vão querer vir com uma proposta de diminuir o PPR!”
Além disso foi absurda a forma como o sindicato fez passar essa proposta assembléia. Apresentou 2 propostas: a primeira já tinha sido reprovada (em assembléia realizada na entrada do CIAG na RS-030) e portanto não poderia ter ido de novo pra votação, a segunda proposta, que também era uma proposta da GM, foi apresentada pelo Quebra-Peão como se fosse a proposta do sindicato. Ou seja, apresentaram 2 propostas, e as duas eram do patrão. É Quebra-Mola, mais uma vez encheu as botas!
Agora as empresas fazem uma choradeira. Além de ficar 3 anos sem dar aumento pros trabalhadores (vão lucrar muiiiiito com isso), ainda querem diminuir o PPR dizendo que aumentou o combustível, a luz, o dólar.

GM e Sistemistas devem achar que os trabalhadores vivem de vento, que não precisam comprar comida, luz, combustível, que não precisam consumir nada.
E o pior é que as empresas querem “reduzir custos” pra manter a vida de luxo da chefia, enquanto pagam um salário e PPR abaixo do que seria o mínimo para os seus funcionários!
Para sobreviver temos que comprar comida, pagar luz, água, telefone, aluguel ou prestação de casa e prestação de carro. Quem que consegue pagar isso com o salário que ganha na GM ou Sistemista?! E agora eles vem com choradeira querendo diminuir o PPR! Não podemos aceitar isso!
Quem está sustentando a GM aqui no Brasil e inclusive fora do Brasil é a GM de Gravataí. Os carros de frota das empresas produzidos pela Chevrolet são Celta e Ônix e são produzidos aqui. E o que nós trabalhadores recebemos em troca? Uma proposta de diminuir nossos salários, nosso PPR, assédio moral e ameaças de demissão!
É UM ABSURDO GM E SISTEMISTAS FAZEREM ESSAS PROPOSTAS PRA NÓS!
É UM ABSURDO O SINDICATO FICAR SE OMITINDO E DIZER QUE QUEM TEM QUE TOMAR POSIÇÃO SOMOS SOMENTE NÓS OS TRABALHADORES, QUANDO ELES SABEM QUE NINGUÉM APROVA ISSO! FICAM SE FAZENDO DE “NEUTROS” NESSA HISTÓRIA!

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por contribuir com a sua denúncia.