quarta-feira, 25 de março de 2015

Transporte para animais não! Ônibus descente para Fátima-GM!


25/03/2015

Já recebemos várias denúncias sobre a qualidade do transporte para os trabalhadores do CIAG.
Mas desta vez as empresas se superaram.
Para os trabalhadores de Cachoeirinha a Sogil manda uns ônibus que devem ter saído de um museu, com os bancos soltos, sem suspensão, com péssimas condições de segurança.
É um absurdo o descaso da GM e Sistemistas com os trabalhadores que produzem seus lucros exorbitantes!
GM, Sistemistas e Sogil devem achar que estão carregando animais ou abóboras, e não gente.
A Sogil além de mandar os ônibus com os bancos soltos, que saem do lugar a cada freada, acusam os trabalhadores de terem arrancado os bancos, e na última sexta-feira mandaram a polícia dar paredão nos trabalhadores.
Os trabalhadores exaustos, após 8 horas de muito trabalho, são obrigados a pegar um ônibus em péssimas condições, pagando passagem pra andar nessas porcarias de ônibus, e tem que se atrasar mais ainda para chegar em casa, pois são forçados pela polícia a sair do ônibus e passar pela humilhação de serem tratados como bandidos, sendo inclusive revistados e tendo que ouvir gritos dos policiais.
A polícia com certeza não deve ter nada para fazer!

Além disso os trabalhadores do Fátima-GM são discriminados, pois é a única linha intermunicipal que não tem um ônibus seguro, confortável e com ar condicionado. E trafega na RS-118 e na BR-290 com um ônibus sem cinto de segurança. Temos visto recentemente o que acontece com os passageiros em caso de acidente nesses tipos de ônibus, mortes e mutilações.
As empresas falam tanto em segurança mas colocam seus funcionários em condição de risco.

Os trabalhadores do CIAG-GM não são bandidos, nem bichos.
É um absurdo terem que andar em um ônibus caindo os pedaços, numa rota longa e demorada!
Para GM e Sistemistas os trabalhadores não tem nenhum valor.
TRANSPORTE DESCENTE JÁ!


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por contribuir com a sua denúncia.