domingo, 10 de agosto de 2014

CIPA da GM: O jogo sujo da empresa

Antes das férias coletivas já estava em pauta as eleições da CIPA, infelizmente até quando escrevemos essa matéria, uma semana depois do retorno, nada de colocarem o edital das eleições da CIPA nos murais. E não é por menos, a empresa tenta cozinhar o galo e ganhar tempo para dispersar os trabalhadores para que não participem da CIPA e para indicar que os trabalhadores votem nos facilitadores e puxa-sacos indicados pela chefia, além disso, seguem as demissões a conta gotas.
A GM age assim para continuar escondendo os acidentes da fábrica, não dar a CAT para quem se acidenta e ainda colocar a culpa e responsabilidade pelos acidentes no trabalhador, quando na verdade ocorrem pela imposição de ritmo acelerado e pressão da chefia.
Mas os trabalhadores estão espertos, as eleições terão que sair e a mesma será de muita importância para os trabalhadores, todos devem ajudar na vigilância da coleta dos votos, principalmente os cipeiros da atual gestão, vice presidente e demais titulares, pois o patrão é esperto e conta com ajuda do sindipelego.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por contribuir com a sua denúncia.