terça-feira, 29 de maio de 2012

Mundial - maio de 2012.

 PLR A FARRA DO PATRÃO!

A Participação dos Lucros começou na década de 90,
durante o governo FHC, com a pressão dos patrões para
 impo-la, porque com isso aumentaria a produção e os
 lucros, substituindo o pagamento dos abonos ou 14º salário.

Então de lá para cá, várias fábricas aplicaram o PLR que
não é incorporado aos demais direitos como férias,
13º salário, FGTS e não incorpora no salário.

E, ainda por cima, aqui na Mundial a pelegada
acertou com o patrão uma GORJETA no lugar do
PLR e parcelada em TRÊS vezes! Que sacanagem!

O compromisso do PLR
TEM DE SER COBRADO
 do patrão, mas a luta
 mais importante ainda é o
foco na Campanha Salarial.

Fique atento!


Contatos: 9237 2964 / 8253 2991 /
9137 4567 / 9836 2206 / 8567 7292

ASSÉDIO MORAL CORRE A SOLTO NA MUNDIAL.

Os trabalhadores estão cada vez mais preocupados com a
política adotada pela Gerência da empresa, pois os
trabalhadores não conseguem trabalhar sem serem
incomodados pela chefia.

A pressão para atingirem as normas de produção a qualquer
preço, sem a preocupação da qualidade da matéria prima é
legítima atitude de quem proporciona o Assédio Moral.

Isso retrata um retorno ao passado, na primeira Revolução
Industrial, onde existiam capatazes das industrias, para
sacrificarem os trabalhadores em situações totalmente
insalubres.

Temos que dar um basta aos abusos, denunciar o assédio
moral, usar a CIPA como canal de revolta contra o assédio,
porque senão, os patrões continuarão com essa política com
o nosso silêncio.

Nosso jornal também poderá exercer essa tarefa de denunciar
sem comprometer a fonte da informação, pois é fundamental
assegurar a estabilidade do emprego dos companheiros.

A Gerência Industrial tem que mudar sua atitude, significa
em deixar os trabalhadores produzirem normalmente,
porque tentar subir, passando por cima dos outros não
funciona.

Um dia a casa cai, como caiu anteriormente. Hoje você é
gerente, mas no passado estava na lista de demissão, portanto
mude de atitude !



PROBLEMAS NA AFIAÇÃO DOS ALICATES.

    A Chefia deveria ela mesma pegar os alicates para afiar, no
momento de folga dos trabalhadores, principalmente quando
 a matéria prima é de péssima qualidade, não dá para admitir
 tanta pressão naquele setor.

Como sempre a produção fica em primeiro lugar e a saúde
 não tem posição para o patrão, porque não respeitam nem o
 período estabelecido para o descanso do operador da afiação,
 que já foi estabelecido pelo Ministério do Trabalho.

O Patrão só sabe dar advertência para quem não consegue
 atingir a meta diária, mas não se preocupa de investigar a
 causa dos acontecimentos, pois é mais fácil para quem é
incompetente, colocar a culpa nos trabalhadores da produção.

Vamos continuar denunciando. Pode ser que  os diretores do
 Sindicato que estão dentro da fábrica, comecem a atuar de
 fato, pois se esconder atrás de  uma estabilidade do
 sindifantasma não adianta de nada!

_











_
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por contribuir com a sua denúncia.