sexta-feira, 17 de julho de 2009

O DIA DO TRABALHADOR 2009:

_



1º DE MAIO UM DIA DE LUTA E REFLEXÕES PARA OS TRABALHADORES.





No Mundo os trabalhadores fizeram protestos contra o desemprego e a miséria que são conseqüência da crise do Capital, que atinge todos os povos dos continentes.


Na Turquia vários trabalhadores se colocaram em marcha contra as políticas do governo que concede privilégios as grandes corporações capitalistas, na Alemanha mais de 500 mil trabalhadores saíram nas ruas, para expressarem sua indignação, em um país que prevê sua pior recessão desde o pós guerra.


Na França, milhares de pessoas comparecem à convocação conjunta das principais oito centrais sindicais para criticar a política econômica do presidente Nicolas Sarkozy ocasionando conflitos entre manifestantes e policiais.



Enquanto isso no Brasil, a Força Sindical realiza atos festivos, com sorteios de carros, aptºs e casas, com shows de Cantores Nacionais, financiados pelos empresários e a CUT se limita em montar barracas para prestação de serviços a população em São Paulo e se posicionar politicamente a favor de redução da taxa de juros.


Em Gravataí construímos um dia de muita reflexão, juntamente com a Romaria do trabalhador, pois as discussões de preparação do dia 1º , foi de muito debate e formação política, que tiveram seu começo em Março com os fóruns que propiciaram o debate da crise do capital e colocaram como eixo, Não somos máquinas, seres humanos é o que somos!



No ato do 1º de Maio a INTERSINDICAL colocou a necessidade de começarmos a conspirar contra o Capital, seja na comunidade da Igreja, seja nos bairros e locais de trabalho, não podemos nos limitar somente em dizer que temos que defender o emprego, precisamos de uma discussão mais aprofundada que coloque a estrutura do poder em xeque, porque precisamos construir uma nova alternativa para os trabalhadores que é o socialismo.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

  1. Este BLOG está a serviço da resistência sindical metalúrgica na cidade de Gravataí na Região Metropolitana de Porto Alegre.
    Aqui serão postados tópicos cujas origens serão a internet e, principalmente, textos e notícias publicadas no Jornal Operário local.
    Boa leitura e contribua com comentários, por favor, para ajudar a nos manter em nosso caminho: o da luta pela dignidade negada a Classe Trabalhadora no Brasil!
    Obrigado.

    ResponderExcluir

Obrigado por contribuir com a sua denúncia.